Tudo o que você ouviu falar sobre comida Ganesa está errado (ou quase tudo)

Postado em 22 abril 2016

Seguro, estável e falante de Inglês, Gana tem desfrutado por longo tempo uma reputação de "porta de entrada para a Africa Ocidental" para os novatos. E isso rapidamente é incorporado. As pessoas estão prontas para sorrir, a música – do clássico highlife aos novos sons como azonto hiplife – é fenomenal, as praias da costa ocidental são paradisíacas e há incríveis (e suadas) caminhadas nas baixas montanhas e na floresta tropical de transição da região do Volta. E o que é melhor, você pode encontrar alguns incrivelmente baratos albergues em ótimas localizações, principalmente nas praias ocidentais.

Mas se por um lado já está tudo pronto, a sabedoria tradicional diz que há um importante inconveniente: a comida. As comidas rápidas ganesas e da África Ocidental em geral, tem uma reputação por serem indigestas e pouco inspiradoras. Os antigos e expatriados estremecem ao se mencionar fufusopa de okro – mas o quanto disso é justo e o quanto é exagero? Atualmente Gana tem mais do que algumas cartas na manga; nenhuma delas é alta gastronomia, mas se você gosta das suas refeições fartas, apimentadas e que te enchem, você irá rapidamente começar a amar alguns pratos ganeses, e sentir falta deles quando seu mochilão estiver chegando ao fim. Aqui vão algumas coisas pelas quais procurar:

1. Galinha d'angola

Albergues - Galinha d'angola

 

Nativa da África Ocidental mas um prato chique conhecido nas mesas de jantar da Europa, esse pássaro é a arma secreta de Gana. Coma esta ave coberta de temperos e grelhada, ou embebida em uma tigela de sopa leve, um broto de tomate picante que pode se tornar BEM apimentado. Elas são aves carnudas repletas de sabor – pense nela como o elo perdido entre as galinhas e as aves de caça.

2. Omo tuo e sopa de amendoim

Albergues - Omo tuo
© Copyrights: PapJeff

 

Uma comida realmente modesta. Em muitas lanchonetes esse prato de enormes bolas de arroz e um suculento guisado de nozes é um prato especial de domingo. Ele pode parecer um pouco como um fufu – grande, com pedaços de coisas na sopa – mas o omo tuo tem uma textura mais densa e um sabem de, bem, arroz. Assim como a sopa de amendoim, se você gosta de manteiga de amendoim ou molho satay, se sentirá no paraíso.

3. Red red

Albergues - Red red
© Copyrights: benketaro

 

Esse clássico prato tem dois ingredientes: um suculento guisado de feijões brancos, e uma porção de banana da terra temperada e frita. Um crocante, outro suave; um saboroso, outro com um toque de doçura; um cremoso e o outro um pouco apimentado. Você geralmente pode adicionar pedaços de galinha d'angola ou frango, mas o básico é mais do que o suficiente para uma refeição completa.

Procure também pelo ensopado de aborboi (feijão Bambara), tipicamente servido com uma pitada de açúcar. É delicioso, mas menos comum do que o red red.

4. Arroz Jollof

Albergues - Arroz Jollof
© Copyrights: Charles Haynes

 

Jollof merece ser incluído não porque Gana o inventou – muitos países da África Ocidental afirmam terem crédito, nenhum deles muito conclusivamente – mas porque você irá vê-lo em toda parte e isso é bom. Uma mistura de arroz, cebloas e vegetais, fritos e corados com óleo de palmeira ubiquitous. É um clássico acompanhamento para carne grelhada, umedecida com shito, um tempero de pimenta preta ardida aromatizada com gengibre e peixe frito.

5. Waakye

Albergues - Waakye
© Copyrights: Mac-Jordan Degadjor

 

Sendo pronunciado como waa-chay, essa mistura de arroz e feijões é tipicamente servido em barracas na beira da estrada e podem ser comidos a qualquer momento do dia (embora no café da manhã e almoço seja mais comum). Com waa-chay, vai todo tipo de acompanhamento – você cobre a base de arroz e feijão com molho de pimenta, ovo, salada, carne, macarrão ou qualquer outra coisa oferecida e cai pra dentro.

6. Fruta!

Albergues - Fruta

 

Mesmo se você não possa encontrar um prato cozido da forma que você gosta, em Gana você está cercado por fabulosas mangas, mamões e abacaxis, e por inacreditavelmente pequenas e doces bananas. Junte isso com uma água de coco fresca vendida absolutamente em todo lugar e a vida começa a parecer boa para os fãs de fruta. Se o seu albergue oferecer a opção de fruta fresca ou café-da-manhã pronto – o que em Gana tende a ser um salsichão barato, pão branco esponjoso, um omelete e uma porção escassa de feijões cozidos – sempre escolha as frutas.